sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

PAI NOSSO!!




• 6:5 “E, quando orardes, não sejais como os hipócritas ; pois gostam de orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa".
Os fariseus e religiosos da época profanavam a prática religiosa, transpondo-a em peças de teatro, agiam como se estivessem fazendo uma apresentação teatral ou algo parecido. Eles tinham hora e lugares certos para orarem, geralmente em praças e avenidas largas e de grande movimento. Seu objetivo era atrair a atenção do público e, esperavam como recompensa o aplauso daqueles que os rodeavam.

Quando Cristo usou o termo hipócritas, Ele sabia do que e porque estava falando. Jesus critica essa ação e não o ato de orar. Lucas 18: 9 à 14; Oração do fariseu e do publicano, chamada também de a Oração do pecador.
• 6:6 “Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará”.
Jesus requer das pessoas que oram a humildade de coração e, para orar a Deus, todos podem orar, mas nós os crentes em Jesus, sabemos que Deus não ouve a oração de pecadores.
"Sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém for temente a Deus, e fizer a sua vontade, a esse ele ouve”. (João 9:31).
Sendo assim, para orar a Deus, sem hipocrisia e com humildade de coração e em espírito, tem que principalmente ser um verdadeiro convertido, um cristão genuíno. Em secreto, é onde falamos com Deus e nos abrimos para Ele, principalmente para agradecer e não somente para estarmos pedindo. Em secreto não quer dizer que você deva se esconder para que ninguém o veja... Mas sim que não seja para estar em evidência.

Jesus não censura a oração em público, nem estabelece regras acerca da oração, muito menos lugar específico ou maneira de se orar, mas enfatiza a necessidade de um “espírito humilde” nas orações. Devemos orar pela necessidade que sentimos de orar. A oração pode ser feita: Em qualquer lugar, inclusive na igreja, de pé, de joelhos, sentado, deitado, dentro de um carro, de um ônibus. A Bíblia nos diz que devemos orar sem cessar, mas cuidado! Para cumprirmos esse mandamento não precisamos fechar os olhos quando estivermos dirigindo. Devemos orar em espírito. "Orai sem cessar." (I Tessalonicenses 5:17).
• 6:7 ”E, orando, não useis de vãs repetições , como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos”.
“Vãs repetições” Os 450 profetas de Baal e também os 450 profetas de Asera e seus respectivos adoradores, no Monte Carmelo (I Reis 18:17-40), e os adoradores da deusa Diana dos Efésios (Diana = latim; Artemis = grego), em Efeso (Atos 19:34-35), são exemplos opostos, contrários a essa prática, pensavam que cansando seus deuses com repetições conseguiriam o que lhe pediam. Nos dias atuais, podemos observar estas vãs repetições com os seguidores de muitas seitas, tais como: “Hare Krishna” ou as “Ave-Marias” e “Salve-Rainhas” dos católicos.
o Hare Krishna, no hinduísmo e no budismo, o mantra (frase ou sílaba), considerada uma fórmula sagrada, que deve ser repetida mais de mil vezes por dia pelos seus adeptos. Criada pelo mestre hindu Bhaktivedanta Swami Prabhupada nos EUA em 1966.
“Pelo seu muito falar”, pensavam também, que o acúmulo de orações repetidas além de obrigar os seus deuses a responder os impressionariam.

Essas idéias são características pagãs, de pessoas incrédulas. Como poderia um deus com olho, mas que não vê; com boca, mas que não fala; com ouvidos, mas que não ouvem ficarem impressionados com alguma coisa. Os discípulos de Cristo devem saber que Deus é Pai e, que não acolhe as orações daqueles que tem tais atitudes.
• 6:8 ”Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes”.
“Qual é o sentido e a necessidade da oração?” A oração nos aproxima de Deus, de sua vontade e leva-nos a perceber mais claramente os nossos desejos e necessidades espirituais, o que beneficia a nós mesmos.
a) A oração alimenta nosso espírito.
b) A oração nos fortalece para enfrentar as tribulações do nosso dia a dia.
c) A oração acrescenta a nossa fé.
d) A oração também serve de escola da alma, para ensinar a vontade de Deus na vida.

Não temos nada a ensinar para Deus, e sim só temos a aprender com Ele, quando oramos, quando ouvimos uma pregação na igreja e principalmente quando lemos a Bíblia.
• 6:9 “Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome”;
“Pai nosso que estás nos céus”: Esta oração é diferente dos padrões, da maneira de oração dos judeus da época e também de muitas religiões de hoje em dia. Esta oração é breve, simples, franca e penetra nosso ser e atinge seu verdadeiro objetivo, que é alcançar a Deus. As dezoito petições feitas três vezes ao dia nas orações dos judeus piedosos, eram dez vezes mais longas.

“Pai nosso”: Jesus nestas primeira palavras, nos ensina a reverenciarmos e reconhecermos a grandeza do Deus com quem estamos falando. Sempre que oramos sabemos que Deus está acima de tudo, nos céus e na terra. Que não somos nada perante sua Estatura. Se Deus considera toda a humanidade como uma gota num balde, como seria apenas um de nós para suas vistas?

“que estás nos céus”: esta expressão sempre nos lembra:
a) Da Onipresença de Deus na vasta amplidão dos lugares celestiais. (Salmos 11:4).
b) Do poder e da Majestade de Deus, na forma de domínio sobre toda criação. (II Crônicas 20:6; Lucas 9:43).
c) Da Onipotência de Deus. (Ezequiel 1:24).
d) Da Onisciência de Deus, porque daquele lugar tão elevado, Ele vê tudo o que acontece em todos os lugares, em todas as partes da criação. (Salmos 11:4).


“santificado seja o teu nome”: Deus é santo, puro e, quando nos achegamos a Ele, devemos reconhecer a soberania do nome que está acima de todo nome. (Filipenses 2:9). Por isso, nos curvamos diante Dele deixando todo nosso ego, orgulho, sabendo que Ele conhece nossos corações e se agrada quando nos santificamos para ir à sua presença. No começo dessa oração, Jesus deixa claro que a necessidade básica do homem e obrigação do pecador é reconhecer Deus acima de tudo, como provedor de todas as coisas.
“santificado” significa: seja venerado ou honrado. Jesus ressalta a santidade de Deus, porque Ele habita no mais santo lugar. (Isaias 57:15).
É bom lembrar não só aos pecadores, mas também aos cristãos que o nome de Deus equivale à pessoa de Deus, aquilo que Ele é e faz. É por este motivo, que jamais devemos tomar o nome de Deus em vão. Com certeza não é a melhor atitude.
• 6:10 “venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu”
“Venha o teu reino” Jesus queria estabelecer seu reino literal sobre a terra, o que seria a manifestação de Deus no mundo. Devemos em nossas orações, ter o desejo de ver esse reino se manifestar em nossa vida, ter o deseja de estar em breve neste reino. O profeta Isaías nos fala um pouco desse reino no Cap. 65:17 à 25.
“seja feita a tua vontade”: É entregar nossa vida em total confiança a Deus. Deus se agrada quando andamos de acordo com os propósitos Dele para nossas vidas. Ele só quer nosso bem. Orando e lendo a sua Palavra, a Bíblia, nós conhecemos sua vontade e podemos aplicá-la em nossas vidas. Que pai iria quer o mal para seu filho?
“assim na terra como no céu”: É o desejo de todas coisas que ocorrem no céu, acontecerem também na terra. No céu está o exemplo perfeito de tudo, o padrão mais elevado do que precisa ser feito.
Até aqui Jesus tratou das necessidades espirituais do homem. Isso Ele deixa claro também em Mateus 6 :33, onde nos ensina a buscar seu reino e sua justiça em primeiro lugar.
• 6:11 “o pão nosso de cada dia nos dá hoje”
“O pão nosso de cada dia”: Aqui Cristo passa a nos ensinar acerca das nossas necessidades físicas ou materiais (alma e corpo), da qual Ele próprio conhecia, pois se fez carne entre os homens. (João 1:14).

Jesus nos ensina a orar pela nossa alimentação, aquilo que necessitamos para nossa subsistência, para que não pereçamos.

“Nos dá hoje”, esta expressão: também ensina que não devemos nos preocupar com o dia de amanhã, devemos pedir apenas o necessário. Deus sabe do amanhã e suprirá nossa necessidade.
• 6:12 “e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores”
O perdão de Deus é condicional. E podemos notar isto nos versos 14 e 15 que mostra isso.
• 6:14-15 “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas”.
Cristo nos ensina que não podemos guardar rancor, ira em nossos corações em relação às outras pessoas. Jesus quer que vivamos em paz, no que depender de nós, com nossos semelhantes. O cristão deve perdoar, mesmo antes de a pessoa pedir perdão para que Deus perdoe nossos pecados, e, caso a pessoa não peça perdão, não mais nos diz respeito, pois é a Deus quem ela prestará contas. Se fizermos desta maneira, podemos esperar pela misericórdia de Deus.
• 6:11 “E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.”
“Não nos deixes cair em tentação, mas livrar-nos do mal”: Devemos pedir a Deus que em todas as circunstâncias de nossa vida, nós não caiamos nas tentações. O mundo que vivemos é cheio de males e tribulações. Mas se perseverarmos em oração e vigiarmos, estaremos sempre nos santificando e purificando cada vez mais e poderemos evitar muitas conseqüências ruins para nossa vida e estaremos sempre usufruindo das bênçãos de Deus.

Em “Mateus 26:41” diz: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito na verdade, está pronto, mas a carne é fraca”.

6 comentários:

  1. Olá estou aqui para divulgar o meu mais novo blog para garotas evangelicas se chama Nanda Blogandoo
    visitem
    sigam e comentem
    pois estamos aqui ne um so proposito e ne um so espirito certo?
    http://nandablogando.blogspot.com
    fazemos parceria
    ja estou seguindo o seu
    Deus Te Abençoe!!!

    ResponderExcluir
  2. Oiiie estou aqui para divulgar um novo blog para garotas evangelicas

    http://nandateclando.blogspot.com

    sigam
    visitem
    comentem

    ResponderExcluir
  3. Como a algum tempo que não fazia uma visita, hoje resolvi ver o que está a escrever.É o anseio da minha alma que Jesus seja consigo, e encaminhe seus passos pela vereda da justiça. E que Ele cresça na sua vida de maneira que seja visto pelas pessoas que rodeiam sua vida, que o amor de Jesus fortaleça sua vida, e seja como um rio transbordante. Também resolvi dizer-lhe que embora não te conheça mas em Cristo te amo, e continue a ser luz. Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. "Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal." 1 Timóteo 1:15

    Que Jesus Cristo veio ao mundo para salvar os pecadores, isso todo mundo concorda, mas têm gente por ai que não reconhece seus pecados, e acha que não precisa de Cristo. Neste texto o apóstolo Paulo, com muita humildade dá o exemplo, e mostra que não há quem não seja pecador. E todos precisam de Cristo.

    Vamos investir nas coisas celestiais durante o novo ano, para que nossa vida seja cheia de uma riqueza que permanece eternamente?

    Que em 2013 Deus derrame das Suas Benção em você e aos seus

    Feliz 2013

    Deus lhe abençoe!!!

    Diacono Sergio Christino

    ResponderExcluir
  5. Paso visitando nuevamente su blog, reciban un afectuoso saludo desde El Salvador, desde mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Que o Senhor Jesus Te abençoe ricamente!!